Notícias

Resumo do Congresso Britânico que decorreu em Liverpool

2017-06-21

O Congresso britânico serve sempre para se fazer uma avaliação de conhecimentos atuais sobre o que se vai passando na Oftalmologia.
Correções cirúrgicas mais fiáveis de astigmatismo foram alvo de discussão assim como novos métodos de cálculo das potências das lentes que colocamos durante as cirurgias de catarata e aquelas para correção de miopia e astigmatismo.
A prevenção de complicações nas cirurgias por laser (lasik e PRK) foram debatidas e fez-se uma revisão de como evitá-las e/ou tratá-las.
O síndroma do olho seco passou a ser tema dominante pois que a maioria das pessoas acima dos 50 anos terão algum grau de "olho seco" que, no fundo, apenas quer dizer que há alterações na qualidade da lágrima natural que a todo o momento protege a superfície dos nossos olhos.
Nos casos graves de glaucoma há quem advogue que desde início se tente baixar e manter a pressão intraocular para 10mmgh mas esta é apenas uma sugestão algo arbitrária baseada no desfecho de uma doença que não tem cura e que apenas tentamos colocar um travão na progressão.
Por fim fez-se uma reavaliação do modo como tratamos a retinopatia diabética sendo que as injeções de produtos denominados anti-VEGF continuam a estar na linha da frente.
A corioretinopatia serosa central parece poder ser resolvida por outros meios ainda em estudo mas que irão aparecer rapidamente no mercado.
A terminar o ceratocone/queratocone e o cross linking foram tema de discussão sendo que este é considerado neste momento o tratamento de 1ª linha nos casos de progressão da doença.

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge