Notícias

A 1ª LINHA DE TRATAMENTO NO GLAUCOMA PODERÁ SER UM SIMPLES TRATAMENTO LASER (SLT)

2020-05-04

Desde há cerca de 1 ano e após os resultados de um estudo muito bem elaborado ao longo do tempo, e que envolveu mais de 700 pacientes no Reino Unido, esta Clínica vem informando os pacientes que o tratamento laser denominado SLT: SELECTIVE LASER TREATMENT deve ser considerado como de 1ª linha no tratamento duma doença que, não tendo cura, poderá ser controlada durante o nosso tempo de vida.

O Dr. Gazzard e colegas estabeleceram um protocolo de avaliação prospetiva e randomizada (estudo cujos resultados são geralmente robustos e consistentes ao longo do tempo) a que chamaram de LIGHT TRIAL tendo acompanhado durante 3 anos 718 pacientes sendo que 91% terminaram o estudo em causa permitindo um elevadíssimo nível de fiabilidade nos resultados.

O tratamento de glaucoma começou praticamente com a utilização de gotas timolol (praticamente as únicas no mercado) e cirurgia (trabeculectomia) para aqueles casos em que a doença se mantinha progressiva. Ao longo do tempo foram descobertas novas formulações químicas e hoje em dia há uma panóplia de gotas/colírios que podem ser utilizados por si ou combinados para manter a pressão intraocular controlado (único ponto que conseguimos influenciar no tratamento desta doença que tem um início silencioso e que vai progredindo ao longo do tempo). Há também vários tipos de cirurgias para os casos mais complexos que não são passíveis de controlo com colírios embora a “velhinha” trabeculectomia continue a ser considerada a cirurgia “gold standard”. Todo este tipo de tratamento NÃO CURA A DOENÇA mas visa “travar” o processo de perda de umas células especiais que ligam o olho ao cérebro e que conduzem o processo de visão. Essas células fazem parte do cérebro e, portanto, são irreversíveis: as que se perdem não são substituídas e a doença pode levar à cegueira.

O tratamento LASER SLT veio trazer mais um tratamento para o combate a esta terrível doença oferecendo um tratamento simples (que pode ser repetido), indolor e de rápida aplicação sendo que o paciente mantém as suas atividades normais. Está provado SEM QUAISQUER DÚVIDAS que é uma mais valia porque 1. Baixa de facto a pressão intraocular; 2. É de rápida aplicação e sem efeitos laterais; 3. Pode evitar a utilização de gotas ou diminuir a sua aplicação que traz sempre problemas de irritação ocular ao longo do tempo; e por fim 4. Tem uma relação de custo-efetividade muito boa.

Se tem GLAUCOMA (ou mesmo apenas hipertensão ocular ainda sem glaucoma) ou algum parente com esta doença pergunte ao seu oftalmologista se é possível utilizar este procedimento.

Na nossa clínica tentamos INFORMAR OS NOSSOS PACIENTES DESTE POTENCIAL BENEFÍCIO QUE TEMOS AO DISPOR EM VÉSPERAS DE FAZER 1 ANO (o Dr. Miguel Sousa Neves, após uma longa conversa com o Dr. Gazzard durante os trabalhos do Congresso Nacional Britânico de Oftalmologia em maio do ano passado, resolveu incorporar este laser no grupo de vários lasers que a clínica dispõe).

VOLTAR

NEWSLETTER
Siga-nos
facebook vimeo

© 2015. Todos os direitos reservados.
Design e desenvolvimento: LinkAge